Um país (não) precisa de profetas!