Ética é Seletividade


Pelo que gente como Hobbes ensinou, o ser humano é egoísta ao extremo.

Ética é a educação da alma. Aprender e optar pelo bem coletivo.

Trata-se, portanto, de seletividade.

Uns exemplos pra refletir:

1. A presidenta se elege sob muitas promessas. Eleita, entrega pouco. Mais que isso: revê as promessas que lhe garantiram a vitória. Mentiu. É gente que acha que os fins justificam os meios.

2. A oposição (se é que esse nome vale) não aceita a derrota eleitoral. Encrenca o tempo todo. Não tem o menor senso cívico. Insiste num impedimento sem base legal. É gente que só sabe apostar no quanto pior melhor.

3. O governador se elege numa campanha endinheirada. Naufraga na crise internacional do petróleo. Fica doente. Tem gente desejando sua morte. É a turma que confunde oposição política com vingança pessoal.

4. O PM comete suicídio porque foi flagrado em recebimento de propina. Multidões se declaram solidárias com a família. Pode ser porque haja um sentimento de acolhimento. Pode ser também porque seja quem que vê o pecado de longe, mas cega quando o problema está por perto.

5. A mãe professora que sistematicamente estuda com o filho. Ensina. Cobra. Estimula. Quando, (in)felizmente, é professora dele na sala de aula, opta por não estudar com ele pra prova. Ela sabe que sabe mais que as outras mães. É porque tem alguma vantagem ou privilégio escolhe imparcialidade.

Em todos os casos, certo e errado são mescla de razão e sentimentos. Mas, sempre, são opções. Decisões.

#eleições #ética #política #ricardolengruber

6 visualizações

+55 22 9 9996 1119

SIGA NAS REDES SOCIAIS
  • Facebook - White Circle
  • Branco Ícone Google+
  • White LinkedIn Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon
  • White Instagram Icon
  • White SoundCloud Icon
© 2017-2018 Ricardo Lengruber - Rio de Janeiro - Brasil
SITE SEGURO